World Flags (Bandeiras do Mundo, em tradução livre) é um projeto não oficial, que busca personificar diversas bandeiras nacionais. A iniciativa, de uma maneira muito criativa, é constituída por artistas japoneses como uma homenagem às Olimpíadas de Tóquio em 2020. De acordo com o NextShark, as pessoas por trás da produção decidiram “apresentar as bandeiras do mundo e algumas informações sobre elas”. Os ilustradores utilizam um estilo, conhecido como Gijinka, que pode ser definido como uma representação visual daquilo que não é humano. É o processo de antropomorfismo pelo qual as bandeiras passam.

Ao transformar as bandeiras em samurais, o World Flags cria um encontro cultural. Um fator interessante é que, no site, onde todas as ilustrações estão disponibilizadas, eles apresentam detalhes sobre a cultura de cada país. Os significados das bandeiras, características nacionais, geografia e até a forma como nos relacionamos com o símbolo patriótico são relatados. Os personagens também ganham nomes e personalidades distintas. Cada samurai possui uma descrição única. O representante do Brasil, por exemplo, é um estudante universitário chamado Ningmaru. Ele é um taurino de personalidade hilária e otimista. É altamente habilidoso com acrobacias e um mestre na arte da espada e do futebol.

São vários personagens e eles estão divididos em grupos.  O Grupo de Oito é constituído por samurais criados para buscar a estabilidade da economia mundial. Os Cinco Reis do Norte protegem a Escandinávia. O Dragão e Tigre Irmãos do Oriente mantêm a harmonia asiática. A Casa Sagrada do Sudeste da Ásia acompanha o desenvolvimento da economia no sudeste asiático. Levando em consideração que existem muitos outros personagens sem um grupo selecionado, podemos levantar a hipótese de que mais enredos sejam criados. É uma iniciativa extremamente criativa e muito interessante, por isso selecionamos alguns exemplos. Você pode conferi-los logo abaixo.

Estados Unidos

Índia

Brasil

China

Alemanha

Japão

Coreia do Sul

Malásia

Suécia

Emirados Árabes Unidos

África do Sul

Deixe uma resposta