Foto: reprodução arquivo

Cerca de 15 funcionários do hospital Promatre de Juazeiro (BA), que atuam como técnicos de enfermagem na linha de frente de combate ao coronavírus (Covid-19), estão com os salários de janeiro atrasados. Segundo eles, a instituição alegou atraso no repasse da prefeitura e o pagamento foi realizado apenas para os profissionais médicos.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Juazeiro, a prefeitura recebeu somente em janeiro as notas fiscais de serviço da Promatre, referentes ao mês de novembro de 2020. O valor de R$ 475.796,63 foi pago na última sexta-feira (22), depois da revisão de contrato e dentro do processo de transição de governo. “A diretoria financeira da Secretaria de Saúde do município recebeu as notas fiscais de serviço referentes ao mês de dezembro de 2020 nessa terça (26), e entrarão na programação de pagamento aos fornecedores da Prefeitura de Juazeiro”, diz a nota.







Fonte: Blog do Carlos Britto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here