Eles insistem.

Segundo a Globo, o suspeito de matar Marielle teria sido autorizado por Bolsonaro a entrar no condomínio por volta das 17hs. O registro do dia mostra que não há ligação neste horário da portaria para a casa de Bolsonaro.

A única ligação feita para a casa de Bolsonaro, ocorreu mais de 1 hora antes. Também não há registro da segunda ligação que o porteiro teria feito para confirmar.

Os fatos não apoiam o depoimento que a Globo divulgou.

A insistência da imprensa, desinformando explicitamente, mostra que a grande mídia no Brasil é lixo e nada mais.

Deixe uma resposta