Maria do Rosário e Gleisi

Como vocês todos já devem saber, a defesa do ex-presidente Lula apresentou nesta segunda-feira (25) supostos recibos que comprovariam os pagamentos de aluguéis do apartamento vizinho ao que o petista mora, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Os documentos datam de agosto de 2011 a dezembro de 2015. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), o imóvel faz parte de um suposto pagamento de propina da Odebrecht ao chefão petista.

Os tais recibos, que tudo indica terem sido confeccionados no Paraguai, não possui nenhum tipo de autenticação que possa provar sua veracidade. Ainda assim, os petistas estão batendo no peito e questionando agora o juiz Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato e do processo que apura a suposta compra do apartamento vizinho ao do ex-presidente.

Nas redes sociais, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e a deputada Maria do Rosário (PT-RS), conhecidas como as petistas mais barulhentas da sigla, se deram ao ridículo de cantar vitória para cima do juiz Sérgio Moro. “E agora, Moro?”, questionou Gleisi em seu Twitter, sendo seguida por Rosário, que ironizou: “Pronto: recibos de aluguel, netos não usam mais pedalinhos, filho não é dono da Friboi e Guarujá apareceu dono do apartamento. Mais alguma coisa contra Lula, Moro?”.

Existem militantes petistas sensatos, com noções da realidade. Estes devem sentir a tal vergonha alheia quando Gleisi e Maria do Rosário se expressam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here