Depois do anúncio de bloqueio de verbas por parte do Governo Federal, o deputado estadual Isaltino Nascimento (PSB) solicitou a realização de uma audiência pública na Assembleia Legislativa para debater o tema. O ato será na próxima segunda-feira (20), às 10h, no auditório Senador Sérgio Guerra. Os reitores das universidades públicas de Pernambuco confirmaram presença.

A reunião solicitada pelo deputado, junto com o deputado estadual Paulo Dutra, acontece por meio da Comissão de Cidadania, Direitos Humanos e Participação Popular, na qual o deputado é membro, em conjunto com a Comissão de Educação e Cultura. “Esse é movimento que planejamos para reunir professores, alunos, reitorias e legisladores, que entendem a dimensão da ação do Governo Federal frente ao ensino público. É o desmonte que impede a realização de pesquisas, de formação superior e relega à população a falta de oportunidade; além de impedir o desenvolvimento do País”, disse o líder do governo.

Como convidados, participarão do ato representantes das reitorias das instituições federais, a Associação dos Docentes do Estado, a União Nacional dos Estudantes (UNE), assim como outras representações estudantis. Os deputados Danilo Cabral e Túlio Gadelha também confirmaram presença na audiência.

“Nossa intenção é mobilizar as pessoas, a exemplo do grande ato nas ruas que tivemos no 15 de maio, para mostrar ao governo Bolsonaro que não vamos deixar ele seguir o plano de desmonte do nosso País e que a força do povo vai derrotar suas más intenções”, comentou Nascimento.

Menos verba – O Ministério da Educação do Governo Federal anunciou o contingenciamento de 30% no orçamento das instituições, o que compromete o funcionamento das unidades já a partir de setembro deste ano. Serão 80 mil pessoas afetadas pela intervenção. A Universidade Federal, Federal Rural e Universidade do Vale do São Francisco tiveram, juntas, somam R$99,8 milhões bloqueados pela ação do MEC.

No Estado, o ensino público acontece na Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Rural de Pernambuco, Universidade do Vale do São Francisco, Universidade Federal do Agreste de Pernambuco e mais os Institutos Federais de Pernambuco.

Fonte

Deixe uma resposta