Mesmo depois da Prefeitura de Petrolina ter eliminado os pontos de esgoto que caíam no Rio São Francisco, na Orla da cidade, um novo local de despejo surgiu naquelas imediações no início da semana. Imediatamente, a Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA), a Diretoria de Saneamento da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade (SEINFRAHM) e a Compesa, organizaram uma força-tarefa a fim de descobrir a origem dos resíduos. Depois de um trabalho de tamponamento do esgoto na rede pluvial, houve um extravasamento de esgoto em frente a um estabelecimento comercial que fica na esquina das ruas Aristarco Lopes e Joaquim André, bem perto da Orla. Estava identificado de onde partira a ligação clandestina de esgoto.

Diante da situação, na última sexta-feira (13), uma equipe da Diretoria de Fiscalização e Educação Ambiental da AMMA esteve no restaurante a fim de autuar os proprietários para que fizessem a ligação de esgoto na rede de saneamento da Compesa. Além da autuação, o estabelecimento foi multado em R$ 10 mil e teve a atividade suspensa até que a adequação fosse realizada. Em caso de descumprimento, está sujeito a uma multa diária de R$ 500. Além da AMMA, e da Diretoria de Saneamento da SEINFRAHM, a Vigilância Sanitária acompanha o caso até que as devidas providências sejam tomadas pelos donos do restaurante.

De acordo com o diretor-presidente da AMMA, Rafael Oliveira, é importante que a população denuncie qualquer esgoto que possa vir a cair no Rio São Francisco. “Nós já havíamos eliminado todos os pontos de esgoto da Orla, mas as ligações clandestinas colocam em risco todo o trabalho de proteção e revitalização que estamos promovendo no Velho Chico através do programa Orla Nossa. O prefeito Miguel Coelho, nós da AMMA e todos os que estão envolvidos nessa ação ficamos indignados com um vídeo que circulou essa semana nas redes sociais com este novo esgoto, resultado de uma ligação clandestina. Com a ajuda da população vamos poder manter o nosso rio cada vez mais saudável”, destaca Oliveira.

DENÚNCIAS
Quem quiser colaborar no combate às ligações clandestinas de esgoto pode acionar as equipes da AMMA, presencialmente, na sede da agência, que funciona na rua Crispim Amorim Coelho, nº 303, no centro da cidade, de segunda à sexta-feira das 7h às 12h e das 14h às 17h. Ou ainda formalizar a denúncia através da Ouvidoria Municipal pelo telefone 156 ou se dirigir à sede da Prefeitura de Petrolina, de segunda à sexta-feira, sempre pela manhã, e também através do site www.petrolina.pe.gov.br, 24 horas por dia, 7 dias por semana.



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here