Charge Leandro Franco

O vocalista da banda Ultraje a Rigor, Roger Rocha Moreira, usou bem sua conta no Twitter para definir a decisão do ator e eterno puxa-saco de Lula, José de Abreu, que nesta semana deu adeus ao PT nas redes sociais. “Petista histórico, José de Abreu se irrita e dá ‘adeus’ ao PT. Calma, logo ele volta a lamber o saco do Lula”, escreveu Roger.

Conhecido como o maior bajulador de Lula e do PT, entre a classe artística, José de Abreu escreveu que está desistindo do partido depois do posicionamento contra o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato. “Desisto. Se o PT for de novo ‘republicano’, desisto. Não estamos vivendo momentos normais”, fez a primeira postagem em sua conta no Twitter.

O falastrão foi enfático em não concordar com a decisão da legenda divulgada nesta quarta-feira 27. “Não concordo com a decisão do PT. Esse republicanismo levado ao paroxismo já nos brindou com o golpe. Lula prestes a ser condenado… desisto”, emendou.

José de Abreu disse ainda ‘duvidar’ que o PT “mantenha essa posição suicida até a próxima terça-feira” e ironizou a ida do partido ao Conselho de Ética contra Aécio. “Acreditar no Conselho de Ética é o mesmo que acreditar na isenção da Lava Jato”.

Noutra postagem, Roger continua a provocação lembrando que o ator está sendo obrigado a devolver dinheiro da Lei Rouanet. “Aliás, ele também tem recibo falso pra explicar. Afundando o barco os primeiros a pular são os ratos da Lei Roaunet”, escreveu, se referindo uma portaria do Ministério da Cultura solicitando a devolução de recursos da lei Rouanet. José de Abreu terá de devolver 300 000 reais captados para a turnê do espetáculo Fala, Zé pelo Sudeste.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here