O presidente em exercício da Casa Plinio Amorim, vereador Ronaldo Cancão (DEM), fez um pequeno desabafo na última sessão plenária, terça (20), ao pedir que seus demais colegas de legislativo não entrem na política de “demagogia e agressões pessoais” típicas de campanhas.

Faço a minha campanha respeitando todos. Vai ser assim, porque esse é o meu comportamento. Nós não crescemos agredindo qualquer pessoa, pelo contrário. Nós nos diminuímos. A política passa e o que fica são os bons exemplos na derrota ou na vitória. A vida segue. Não adianta tentar destruir as pessoas para se dar bem na política. Esse não é o papel de um legislador”, frisou.

Cancão aproveitou ainda para chamar atenção para um fato grave. Segundo ele, tem candidato a vereador fazendo ‘leilão’ de terrenos em troca de votos do eleitorado. “Esse é o voo rasteiro. Vereador não trabalhou, não assou quatro anos aqui defendendo os interesses da sociedade, e agora quer construir ilusão pra enganar a sociedade”, alfinetou o vereador, sem no entanto citar nomes. Cancão alertou o Ministério Público, por meio do promotor Lauriney Reis Lopes, para essa questão.








Fonte: Blog do Carlos Britto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here