Foto: Blog do Carlos Britto

Um requerimento (267/19) de autoria do vereador Ronaldo Silva, aprovado na sessão plenária desta terça-feira (27) na Casa Plínio Amorim por 20 votos a zero, solicita do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, uma cota habitacional do Programa ‘Minha Casa Minha Vida’ para os profissionais de comunicação da cidade.

De acordo com o autor da proposta, outras categorias já foram contempladas pelo programa – a exemplo de cabos e soldados da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), mototaxistas e pessoas com deficiência. Faltava a dos comunicadores. “Eu conheço muitos jornalistas que não têm sua casa própria”, argumentou.

Ronaldo informou também que vai propor uma audiência pública, no mês de setembro, para convidar os representantes da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, responsáveis pelo Minha Casa Minha Vida. A intenção, segundo ele, é fazer com que os imóveis do programa que foram invadidos ou trocados por motos, bicicletas e até carroças possam ser retomados pela Caixa e disponibilizados para financiamento aos comunicadores. “Esses imóveis não são dados, eles são vendidos”, frisou.

O vereador disse já ter entrado em contato com o Sindicato dos comunicadores em Petrolina no intuito de fazer um levantamento dos profissionais que ainda não têm moradia própria. Ele também deverá solicitar do secretário Giovanni Costa (Desenvolvimento Urbano e Habitação)  o mesmo em relação aos imóveis invadidos, vendidos ou trocados. “Moradia é um direito de todos. Tenho certeza que o prefeito irá atender a nossa reivindicação”, finalizou.








Fonte: Blog do Carlos Britto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here