A Polícia Civil (PC) de Santa Filomena (PE), no Sertão do Araripe, investiga o caso de uma mulher e sua filha deficiente que foram ameaçadas de morte e depois estupradas. O crime, segundo informações, aconteceu no último dia 1º, mas só veio à tona na segunda-feira (9), quando a agricultora, de 42 anos, procurou a polícia para denunciar o acusado – um homem de 30 anos.

Com uma faca em punho, o agressor teria praticado o crime dentro da residência das vítimas. A filha, de 18 anos, inclusive, teria sido amordaçada. Os estupros não aconteceram ao mesmo momento. A filha teria sido vítima primeiro, quando teria ficado sozinha na companhia do homem, enquanto sua mãe teria saído para colocar crédito num celular. Não há informações se o homem já foi preso. (Fonte: Cariri Filho)



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here