Por: Blog Edenevaldo Alves –


O Senado Federal aprovou na tarde desta terça-feira (31) o projeto 702/2020, que dispensa o empregado de comprovar motivo de quarentena durante o período de pandemia do novo coronavírus.

O projeto garante o afastamento, dispensado o atestado médico, por sete dias. Em caso de quarentena, medida imposta por vários Estados, o trabalhador poderá apresentar o documento a partir do oitavo dia. (R7).














Deixe uma resposta