Servidores da Educação em Petrolina estão cobrando o pagamento do Prêmio de Eficiência Osvaldo Coelho, projeto aprovado em 2015 pela Secretaria Municipal de Educação, com o objetivo de incentivar práticas inovadoras na gestão das Unidades de Ensino e valorizar a eficiência nos serviços públicos do Sistema Educacional do município.

Segundo esses profissionais, o prêmio deveria ter sido pago até 31 de março, mas até agora nada. Em nota, a Secretaria de Educação disse que a gestão anterior não pagou a empresa responsável pela compilação dos dados do Prêmio Gestão Osvaldo Coelho, o que acarretou no atraso. “A atual gestão negociou e já pagou o referido débito. A previsão é que até dezembro o pagamento da bonificação seja realizado”, frisa a nota.



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here