Em Sobradinho, norte da Bahia, a Secretaria Municipal de Educação está alertando os pais e responsáveis a efetuarem a matrícula dos seus filhos até o dia 7 de fevereiro. O lema da pasta, para 2020, é  ‘Nenhuma criança fora da Escola’. De acordo com a assessoria, todas os estabelecimentos da rede municipal, nos turnos da manhã e tarde.

Atendendo às exigências do EducaSenso, a portaria nº 05/29 de novembro de 2019 – que estabelece as normas, procedimentos e cronograma para renovação e efetivação da matrícula de estudantes novos e transferidos no ano de 2020 – destaca que serão asseguradas pela Rede Municipal de Ensino as vagas para as modalidades ofertadas pela portaria e garante que o estudante da zona rural terá prioridade de matrícula no turno em que a prefeitura disponibilizar o transporte escolar.

É importante ressaltar que os estudantes com domicílio distante de sua escola terão transporte escolar garantido, independente do turno em que foi matriculado. Comunicamos também as famílias que procuraram vaga e não encontraram, que podem se dirigir a sede da Secretaria de Educação, porque nossa Busca Ativa Escolar irá disponibilizar a vaga. Cumpriremos à risca, o nosso principal lema“, afirmou a secretária de Educação, Ducilene Kestering.

Ela informou ainda que existem aproximadamente 100 vagas para o primeiro ano na Escola de Alfabetização Geraldo Silva, vagas disponíveis para o EJA noturno no Colégio Municipal 24 de fevereiro, no Ensino Fundamental I, na Escola Maria Nilza e Tempo Juvenil para os 6º e 7º anos no período da tarde para alunos com distorção idade-série de 15 anos.

Documentação

No ato da matrícula, os alunos ingressos e os transferido deverão entregar a seguinte documentação: Histórico escolar (original e válido); Certidão de Registro Civil ou Cédula de Identidade (cópia); com os respectivos originais para fins de conferência; Cartão do SUS (cópia); duas fotos 3×4 recentes; comprovante de residência do responsável (cópia); Número de identificação social NIS dos beneficiários do Programa Bolsa Família (cópia); responsável e aluno, laudo médico ou avaliação pedagógica (atualizadas em alguns casos), se o aluno tenha necessidades educativas especiais; e Cartão de Vacina atualizado (cópia) com declaração da UBS/Posto de Saúde de sua área de residência, do estudante menor de idade.

Fonte: Blog do Carlos Britto

Deixe uma resposta