Fernando Bezerra Coelho. (Foto: Gabriel Siqueira/Blog do Carlos Britto)

O juiz Friedmann Anderson Wendpap, da 1ª Vara Federal Civil de Curitiba (PR), determinou o bloqueio de 10% dos salários de Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), líder do Governo Jair Bolsonaro no Senado, e dos deputados federais Luiz Fernando Faria (Progressistas-MG), Arthur Lira (Progressistas-AL) e Eduardo da Fonte (Progressistas-PE).

Eles são alvos de ações de improbidade movidas pela força-tarefa da Operação Lava Jato em razão de supostos esquemas de propinas na Petrobras. A defesa do senador FBC esclareceu, por meio de nota, que a decisão da 1ª Vara da Justiça Federal de Curitiba refere-se à ação de improbidade administrativa ajuizada em dezembro de 2018. Os supostos fatos mencionados na ação instruíram o Inquérito Criminal 4005, arquivado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), por ausência de provas que justificassem sequer abertura de ação penal. “Além disso, a ação de improbidade administrativa está prescrita em relação ao senador, circunstância reconhecida pelo próprio Ministério Público Federal”, ressaltou a nota.

A defesa informa ainda que vai recorrer da decisão.








Fonte: Blog do Carlos Britto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here