Foto: Case/divulgação

Vinte e nove adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Petrolina estão participando do curso de Eletricidade de Motocicleta. A formação é uma parceria entre a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O objetivo das aulas é tornar os jovens atendidos aptos para ingressar no mercado de trabalho, contribuir com a perspectiva de novos projetos de vida e fortalecer o compromisso com a socioeducação.

As aulas acontecem na unidade da Funase todos os dias, no período noturno, com atividades teóricas e práticas. Até abril, os socioeducandos aprenderão sobre sistema de partida, manutenção e diagnóstico de falhas, entre outros conteúdos do curso, que tem carga 40 horas/aula. É a primeira vez que a unidade é contemplada com esse curso do Senai. Após a conclusão das aulas, os adolescentes participarão de um momento de certificação com a presença de familiares e de equipes da Funase.

Para a coordenadora geral do Case Petrolina, Nídia Alencar, o curso proporcionará aos adolescentes atendidos uma base importante para a inserção no mercado de trabalho. “O objetivo das aulas no período da noite é contemplar também os jovens que estão em outros cursos. Em Petrolina, temos uma reincidência muito baixa, ou seja, poucos jovens voltam para o sistema socioeducativo depois de terem saído da Funase. É um resultado que mostra a importância do trabalho que é desenvolvido”, afirma.

Fonte

Deixe uma resposta