Teoria conspiratória diz que a candidatura de Huck seria uma “armação” da Globo

Não faltam teorias conspiratórias na internet, parece que as redes sociais foram criadas principalmente com este fim (além, é claro, da ridícula exploração da vaidade, com as pessoas postando fotos e selfies dizendo estive aqui, fiz isso, conheci fulano, viajei para tal lugar). O fato é que certas teorias conspiratórias fazem sentido. Uma delas defende a tese de que a candidatura do vitorioso apresentador Luciano Huck estaria sendo incentivada pela organização Globo, que desta vez estaria disposta a eliminar logo os intermediários e eleger seu próprio presidente da República.

Essa hipótese parece ter alguma base, sobretudo porque as cartas do baralho começam a fazer sequência – a candidatura dele surgiu do nada, Huck estaria participando do grupo Agora!, interessado na renovação da política, e certamente estaria motivado pelas promoções sociais de seu programa, tipo “Lava Velha” e “Mandou Bem”.  Mas até aí morreu Neves, como se dizia antigamente.

DIZ A GLOBO – Não mais que de repente, a Rede Globo entrou no assunto, aparentemente desconfortável e até contrária ao interesse de Huck pela política. Em nota divulgada pela Veja e pela Folha de S. Paulona semana passada, a emissora afirmou que espera que os integrantes de seu elenco informem até o final de dezembro se vão ser ou não candidatos às próximas eleições, ou se pretendem participar de campanhas políticas.

Se as respostas forem afirmativas, os componentes do elenco da emissora terão seus vínculos com ela desligados, diz a nota. E a Rede Globo acentuou que a medida já se encontra prevista há vários anos no seu regulamento interno e que, por isso, não está colocando o tema apenas em relação a Luciano Huck. Bem até aí o Neves morreu de novo.

Acontece que, em sua coluna no Globo, o jornalista Lauro Jardim informou neste domingo que não é bem assim, pois Huck tem negado que dezembro seja o prazo fatal para decidir se será candidato à Presidência da República. Ou seja, o apresentador desmentiu a própria emissora, enfraquecendo a teoria conspiratória.

BRIGA COM A GLOBO? –  Recentemente, e também em nota oficial, a Rede Globo divulgou a informação de que em 2018 será tirado do ar o programa “Estrelas”, de Angélica, embora seja líder de audiência. E agora circula a notícia de  a decisão não teria sido aceita de bom grado pelo marido, que há 11 anos divide as tardes de sábado da Globo com a mulher.

Angélica já está trabalhando no desenvolvimento de um novo projeto, com equipe destacada pelo diretor de gênero Ricardo Waddington. Há 11 anos no ar, líder de audiência na sua faixa horária, com diversas viagens pelo Brasil e pelo mundo, o ‘Estrelas’ terá sua última temporada em 2018. O programa ficará no ar até a Copa do Mundo, quando dará lugar aos preparativos para o início do Mundial”, disse a Globo em nota oficial. Ou seja, apesar da oposição do casal Huck, a Globo não voltou atrás na sua decisão. Além disso, acaba de tirar Angélica também do programa diário Video Show, onde ela apresentava o quadro Video Game.

ESTÁ TUDO NO AR – As especulações e teorias conspiratórias não cessam. O fato concreto é que Angélica e Huck são riquíssimos e já não dependem da TV Globo. Além dos salários milionários na Globo que os dois recebem, Huck é o campeão absoluto em faturamento em comerciais de grandes grupos comerciais, industriais e financeiros, e Angélica também fatura alto com publicidade.

Os dois são autossuficientes e  por isso Luciano Huck nem se preocupou com o tal “ultimato” da Globo, para que decida a carreira política até dezembro. Sabe que tem prazo na lei até o início de abril, e se for candidato a Globo nem poderá lhe cobrar multa contratual, porque todo cidadão tem direito de se filiar a partido político e disputar eleição.

Este é o quadro atual sobre a candidatura de Luciano Huck, que pensa em se tornar o Donald Trump brasileiro e realmente tem algumas possibilidade de alimentar este sonho, devido à crescente rejeição aos políticos profissionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here