Diante da repercussão dos últimos acontecimentos envolvendo a 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf e as cerca de 900 famílias que ocupam o Projeto Pontal, na zona rural de Petrolina, a Companhia decidiu se pronunciar.

Por meio de sua assessoria, o titular da 3ª SR, Aurivalter Cordeiro, enviou a este Blog a seguinte nota:

Com relação à reintegração das áreas invadidas do projeto Pontal, a Codevasf esclarece:

– Quem determina a reintegração de posse de qualquer área da União invadida é a Justiça Federal

– A Polícia Federal presta apoio à Justiça Federal no cumprimento da ordem de reintegração e, assim, ambas as instituições definem a data da reintegração de posse.

– A Codevasf não foi notificada a respeito da data da reintegração.

– A Codevasf continuará cumprindo o seu papel institucional de preservar o patrimônio da União sob sua guarda.

Aurivalter Cordeiro/3ªSR Codevasf



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here