Foto: Superintendência de Comunicação/SES

Assim como ocorreu no carnaval, o Hemope de Petrolina sofreu uma grande baixa nos estoques de sangue. Agora o fato se repete devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Por este motivo, o ‘Transforma Petrolina’ lançou uma nova campanha de doação de sangue (assim como foi feita durante a Folia de Momo) com o objetivo de conscientizar as pessoas para que continuem doando sangue nesse momento de crise na saúde pública.

Segundo a primeira-dama Lara Secchi Coelho, coordenadora do programa, “é preciso lembrar que as outras doenças continuam existindo e que a demanda de sangue no sistema de saúde só deve aumentar“. Apesar das orientações para que as pessoas evitem sair de casa, os hemocentros garantem que a doação é feita em locais seguros.

Para isso, a higienização vem sendo reforçada, fazendo o uso constante do álcool em gel para desinfetar o ambiente, além do uso contínuo dos equipamentos de segurança necessários, inclusive máscaras, por parte dos funcionários.

Os voluntários podem comparecer ao Hemope, que fica localizado na Rua Pacífico da Luz, s/nº, Centro, das 7h30 ao meio dia. Para evitar aglomerações e risco de contágio, é preferível que as pessoas façam o agendamento através do telefone (87) 3866-6601.

Requisitos

Para ser um doador é necessário se enquadrar nos seguintes requisitos:

– Ter idade entre 16 e 69 anos;

– Peso mínimo de 50 kg;

– Bom estado de saúde;

– Não ter feito tatuagem ou piercing nos últimos 6 meses;

– Além disso, critérios adicionais de triagem clínica também estão sendo adotados devido a pandemia do coronavírus.

Vale destacar que quem ingeriu bebida alcoólica nas 12 horas antecedentes à doação do sangue não pode doar. Se a pessoa estiver com gripe ou resfriada, também fica impossibilitada temporariamente de ser doadora.

Fonte: Blog do Carlos Britto

Deixe uma resposta