Esse domingo (5) foi mais um retrato da violência que assola a cidade de Petrolina (PE). Ao todo, o 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM) registrou um homicídio consumado e três tentativas. Os fatos aconteceram no bairro José e Maria, no distrito de Rajada e no Projeto Senador Nilo Coelho, N-4.

No primeiro caso, no José e Maria, um fato que se repete constantemente na cidade. Dois homens, não identificados, se aproximaram da vítima em uma moto e efetuaram cerca de sete disparos de arma de fogo. Renato da conceição, de 23 anos, foi socorrido por populares para o Hospital Universitário. Após consulta, os policias constataram que nos dados da vítima constava Regime Aberto de Prisão Domiciliar desde o dia 06/10/17. Ninguém foi preso.

Em Rajada, distrito de Petrolina, Rogério Rodrigues, de 29 anos, usou uma faca peixeira e, supostamente, uma arma de fogo contra Afonso Antônio de Lima, de 23 anos. Segundo a vítima, Rogério tentou matá-lo após princípio de confusão. As armas citadas pela vítima não foram encontradas.

No último caso que aconteceu no N-4, o 5º BPM recebeu a informação de que na Vila Nova do Projeto Senador nilo Coelho havia ocorrido vários disparos de arma de fogo e que existiam pessoas feridas no local. Os policiais se deslocaram até o endereço e encontraram João Marcos de Souza Lima, de 21 anos, que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito, e J.C.S, de 16 anos, que foi atingido com um tiro no ombro.

De acordo com informações, os dois vinham de uma festa e quando chegaram na residência de João, um homem encapuzado saiu correndo de um matagal e começou a efetuar vários disparos de arma de fogo.

Segundo a família do jovem assassinado, um homem conhecido por Joãozinho, do N-5, havia ido à casa da vítima cobrar uma dívida por drogas. Os familiares acreditam que ele tenha cometido o crime. Os policiais deram início às buscas, mas até o momento não encontraram o suspeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here