O preço da cesta básica em Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) – as duas principais cidades do Vale do São Francisco – manteve uma tendência de queda no mês de setembro. É o que aponta mais um levantamento realizado pelo Colegiado de Economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape). Alguns produtos que contribuíram para isso foram o feijão, tomate e banana.

Segundo a pesquisa do colegiado, a maioria dos produtos teve aumento na oferta e isto levou à redução dos preços aos consumidores. O elevado número de desempregados devido à crise econômica nacional e as políticas restritivas implementadas pelo governo são outras justificativas.

Na comparação do mês de setembro com agosto, a cesta básica apresentou deflação de 3,39% em Juazeiro e de 3,04%, em Petrolina. Considerando as informações das duas cidades agregadas, a deflação no período foi de 3,22%.

Assim, um trabalhador da região que recebeu um salário mínimo de R$ 937,00, gastou 30,4% da renda com a compra de produtos da cesta básica. Isto significa que após a aquisição da cesta básica de alimentos, restaram R$ 652,08 para gastar com as demais despesas (moradia, transporte, vestuário, saúde e higiene e serviços pessoais).(Foto/arquivo)



Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here