Uma coisa temos que concordar, o mundo está cada dia mais assustador. É muita tragédia acontecendo, ao mesmo tempo que nos coloca em posição de medo constante. Vivemos tempos difíceis e isso é uma triste realidade. Não é como se coisas boas não acontecessem mais. Mas o fato é que a maldade tem chamado mais a atenção. As pessoas não demonstram mais empatia uns pelos outros, é como se viver fosse uma guerra constante. Hostilidade, desprezo, egoísmo, falta de respeito e compaixão com o próximo deixaram a vida em sociedade mais difícil. Mas ainda assim, não podemos perder a esperança. E a esperança, nesse caso, são as crianças, que são o futuro. Pensando nisso, uma escola irlandesa começou uma campanha brilhante, pra ensinar aos seus alunos atos de bondade.

A ideia é simples, ao invés dos alunos fazerem as tradicionais lições de casa de cunho acadêmico, eles deverão transformar o trabalho em uma boa ação. Durante um mês a cada ano, as lições de casa dão lugar à lições de vida, onde os estudantes aprendem a fazer o bem ao próximo.

Atos de bondade

A escola Gaelscoil Mhíchíl Uí Choileáin, na Irlanda, começou um movimento interessante para despertar a empatia em seus alunos. Anualmente, durante o mês de dezembro a escola suspende todas as tarefas de casas dos seus estudantes. Mas não é como se eles não fossem fazer nada durante esse tempo. Ao invés das tradicionais lições de casa, os alunos devem fazer um ato diário de bondade.

O intuito com isso tudo é melhorar o bem-estar mental dos alunos e demonstrar como educação não se aprende apenas em sala de aula e lendo livros. Pequenos gestos de bondade, como ajudar um estranho na rua ou alguém da família, são o que a escola espera de seus estudantes em seus hábitos.

Para isso, eles usam um diário para registar as suas boas ações e compartilha-las com os colegas de classe, no dia seguinte. As “lições de bondade” eram feitas de segunda à quinta, e na sexta-feira, eles interagiam sobre o que aprenderam com isso tudo. A escola criou até a “urna da bondade”, uma brincadeira do bem onde os alunos podiam depositar elogios e mensagens positivas a fim de aumentar a autoestima dos seus colegas. Ao final da aula, algumas das mensagens eram selecionadas aleatoriamente e lidas em voz alta para que todos pudessem ouvir.

A dinâmica

A escola irlandesa já vem realizando essa dinâmica da bondade há quatro anos, sempre no mês de dezembro. A atitude de estímulo ao respeito, generosidade e empatia de seus estudantes já se tornou uma tradição.  Em 2018, o tema da dinâmica era gratidão, em 2019 foi bondade.

“Estamos encorajando nossos alunos a pensar sobre o verdadeiro espírito do Natal, o espírito de bondade e generosidade. Com tanta ênfase no aspecto materialista e comercial do Natal, costumamos ignorar o que realmente é a boa vontade!”, disse a diretora da instituição.

“Nossa mensagem para as crianças é muito simples: elas podem ser a razão pela qual alguém sorri hoje e podem ajudar a tornar este mundo um lugar melhor para os outros e para si mesmos”, complementou.

E você, o que achou dessa ideia? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Deixe uma resposta