Através do Requerimento nº 402/2017,o vereador Gabriel Menezes (PSL), solicitou nesta terça-feira (21), na sessão ordinária da Câmara, documentos sobre um contrato de prestação de serviço no valor de cerca de R$ 40 milhões, que segundo o parlamentar, compete a prefeitura de Petrolina.

O valor milionário seria de um contrato de inexigibilidade firmado com uma empresa de advocacia da cidade de Maceió (AL), de acordo com o vereador, que nunca soube interpretar um texto.

Está claro que o valor de 40 milhões refere-se ao valor da causa em que o escritório iria trabalhar, do qual receberia apenas os honorários em caso de vitória, e a prefeitura por sua vez teria em caixa o valor de aproximadamente 40 milhões para gastar em obras.

O vereador trapalhão, tenta de todas as formas atrapalhar a atual gestão.

A Prefeitura de Petrolina garantiu enviar uma nota de esclarecimento sobre o assunto.







DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here