Foto: Arquivo do Blog

O vereador Gilmar Santos (PT) escolheu uma forma inusitada para cobrar que um projeto de sua autoria volte a ser pautado pela Casa. Na sessão plenária desta terça-feira (2), o vereador colocou um cartaz em sua bancada escrito: “Enquanto o presidente Aero Cruz se nega a pautar o PL do Parto Humanizado, mulheres e crianças continuarão morrendo em  Petrolina.

A fala se refere ao Projeto de Lei 024, que dispões sobre sobre a humanização da assistência à mulher e ao neonato, na rede pública e privada de Petrolina, bem como sobre os direitos da mulher relacionados ao parto e nascimento, às medidas de proteção contra a violência obstétrica e dá outras providências. Segundo a assessoria do vereador, o projeto foi protocolado em junho de 2020, mas por conta do período eleitoral e o fim do ano legislativo o PL foi arquivado e a mesa diretora não se interessa em discutir o assunto.

No entanto, o presidente da Casa, Aero Cruz (MDB) discordou da atitude do petista e declarou que o projeto não foi arquivado e que voltará para a pauta assim que for pertinente. Foi aí que Gilmar disse que não vai cantar ‘canção de ninar’ para aero, nem ‘botar no colo’. Para ele, um projeto semelhante da vereadora Maria Elena, que foi protocolado após o dele, tem ganhado mais prioridade.







Fonte: Blog do Carlos Britto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here