Após passar por 15 municípios, em sete estados, chegou a vez de Petrolina receber o Circuito Agro, nesta sexta-feira (20). A nova iniciativa do Banco do Brasil (BB) visa a divulgar as soluções de apoio ao agronegócio e cruzará o país pelas regiões Norte, Sul, Nordeste e Centro-Oeste.

A edição petrolinense acontece no Hotel Nobile Suites Del Rio, a partir das 7h30, e deve reunir autoridades, produtores rurais e assistentes técnicos. O evento terá a participação do vice-presidente de agronegócios do Banco do Brasil S.A., Tarcísio Hübner, que ressalta a importância da região para o Brasil.

“No Vale do São Francisco, a fruticultura irrigada será o principal tema do evento, com destaque para a produção e exportação de uva e manga. As características de Petrolina, como a disponibilidade de terra, água de boa qualidade, clima quente e de baixa umidade fazem do município o principal exportador do país, sobretudo para os mercados norte-americano e europeu”, diz Hübner.

A programação inclui atendimento aos produtores rurais, visitas técnicas e palestras com representantes do BB, da Embrapa e do Sebrae. Os assuntos vão desde a cadeia de produção regional às soluções de crédito.

As apresentações do BB destacam as cadeias produtivas da fruticultura, o contexto da região e a participação do Banco no agronegócio, as linhas de crédito voltadas para o custeio da produção e investimentos, tais como, Investe Agro, Moderfrota, Pronaf Mais Alimentos e Agroindústria, PCA Armazenagem, Inovagro e o Programa Agro Energia. Os temas favorecem a compreensão dos produtores rurais acerca das linhas de crédito disponíveis para manutenção, modernização, diversificação de atividade e ampliação da produção de alimentos.

Antes de Petrolina, o evento acontecerá em Juazeiro (BA) nesta quinta, às 8h, no auditório do Rapport Hotel, Bairro Lomanto Júnior.

Conceito

O Circuito Agro BB promove o encontro entre produtores rurais e profissionais do campo para debater soluções sustentáveis e de desenvolvimento, novas tecnologias e técnicas de produção, como meio de aumentar a produtividade sem impactar negativamente os custos de produção. A ideia leva o conceito de um Dia de Campo, como forma de promover ambientes favoráveis para melhorar a experiência dos participantes. A iniciativa engloba os estados do Tocantins, Rio Grande do Sul, Maranhão, Goiás, Mato Grosso, Piauí, Bahia e Pernambuco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here