Os canalhas de esquerda, incrustados em movimentos LGBT, mas que na verdade são pedófilos enrustidos, ultrapassaram todos os limites. A prova disso é uma performance na abertura do 35º Panorama da Arte Brasileira, no Museu de Arte Moderna (MAM), em São Paulo.

Na última terça-feira (26), um desses “artistas” se apresentou nu, no centro de um tablado. Em vídeo que circula nas redes sociais, sob forte e justificada polêmica, uma menina que aparenta ter cerca de quatro anos aparece interagindo com o homem, que estava deitado de barriga para cima, com a genitália à mostra.

A menina toca na canela e nos pés do homem e depois sai engatinhando do espaço, e volta a assistir à performance. Ela está acompanhada de uma mulher adulta – segundo o MAM, sua mãe. A performance já foi apresentada anteriormente. Nas redes sociais, há registros de uma apresentação em Salvador, no Goethe-Institut, em que uma outra criança (uma menina um pouco mais velha) também interage com o artista, tocando sua cabeça.

Tanto o museu como a patota dos moderninhos estão usando o mesmo discurso: dizem que é arte. Asqueroso!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here