Lula em ato no Rio de janeiro (Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

Um vídeo publicado pelo portal de notícias UOL, nesta terça-feira (3), mostra o ex-presidente Lula acusando novamente os investigadores da Operação Lava Jato e o juiz Sérgio Moro pela morte de Marisa Letícia, sua esposa, que faleceu em fevereiro deste ano vítima de Acidente Vascular Cerebral (AVC), decorrente do rompimento de um aneurisma que ela tinha no cérebro, diagnosticado há cerca de dez anos.

Participando de um ato organizado pelos petroleiros, no Rio de Janeiro, fez a acusação encima de um caminhão de som: “Eles (procuradores e Sérgio Moro) sabem que são responsáveis pela apressada morte de Dona Marisa. E eles sabem que querem evitar que eu seja candidato em 2018. Eles querem evitar através de um processo judicial”, acusou, para em seguida levantar a mão e zombar: “Estou tranquilo, podem ver, que nem tremer eu tremo”.

“A imprensa mente muito a meu respeito. A Polícia Federal, sobretudo a turma da Lava Jato, mente muito a meu respeito. O Ministério Público da Lava Jato mente muito a meu respeito. E o Moro aceita as mentiras. Eu já provei a minha inocência, quero que eles provem uma culpa minha, uma única, não precisa provar duas”, disse.

Em qual país sério do mundo um condenado pela Justiça peita e zomba constantemente da Polícia, Ministério Público e do próprio Judiciário sem temer alguma reação?

Para conferir o vídeo, clique AQUI.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here